terça-feira

VOZ NA ADOLESCÊNCIA










VOZ NA ADOLESCÊNCIA

Não é novidade para ninguém que a passagem da puberdade para a adolescência propriamente dita, incorre em mudanças hormonais tão oscilantes que interferem na voz e seu desempenho, bem como em todo o corpo.
Sabendo que a voz faz parte do todo, os MENINOS enfrentam a muda vocal mais severa.
Por quê e como acontece?
A nova carga hormonal espessa as pregas vocais e aumentam seu calibre nos MENINOS, fortemente.
Nas MENINAS, esse espessamento se dá de forma mais gradual e portanto, adaptável com mais facilidade.
Para os dois sexos, a laringe (região anatômica onde se situam as pregas vocálicas), que antes posicionavam-se em região mais alta no tracto respiratório, descem...para melhor adequação à nova condição hormonal e configuração laríngea apropriada.
Ambos os sexos terão suas vozes mais graves depois da transição.
Para você que é adolescente e gosta de cantar, tem talento para tal, que cuidados pode ter com sua voz nesta etapa da sua vida?
Respeite seus limites.
Não force agudos nem graves nos dias em que eles estiverem limitados. Não cometa ABUSOS VOCAIS (vide matéria - ABUSOS VOCAIS - aqui no blog da Cintia) e assim, alcançará uma maturidade vocal plena, que também poderá crescer e ser trabalhada de forma mais elaborada.
Tente conter a ansiedade e não imite emissões que extrapolem sua extesnão tonal.
Use! Mas não abuse!
Boa sorte!

Jacqueline Lemos Trindade
Fonoaudióloga
CRFa 7067-RJ
Especializada em Voz Falada, Oratória e Estética Vocal.
jac.vie@gmail.com

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial

Google
 
Democracy Now! | Web Banners