domingo

CONSOANTES E VOGAIS

. Posted by Picasa

CONSOANTES

As consoantes são o que chamamos de “barreiras articulatórias”. “Barreiras" à passagem do ar/som”.
Pois todas elas vão exigir pontos de encontro entre a língua, as arcadas dentárias, a úvula (campainha) e os lábios.
Por exemplo: o "m" é bilabial, porque qualquer palavra com "m" a gente pronuncia tocando os lábios superior e inferior; já o "f" é labiodental, porque precisamos que o lábio inferior toque a arcada dentária superior; e o "k" é velar porque faz a gente “mexer” a úvula (campainha).
As consoantes são responsáveis por impulsionar o som ao se juntar às vogais. São a base de sustentação aérea. São o pontapé inicial do jogo da fala e do canto.
Experimente e perceba em você como se processam estas “barreiras” para que, no canto, você possa ter boa dicção e ser inteligível para os seus ouvintes ou para o seu público.

VOGAIS

Exatamente o oposto das consoantes, as vogais reinam absolutas!
São todas sonoras, todas fazem as pregas vocais se ondularem e o som vibrar.
São elas que lançam as verdadeiras ondas sonoras no meio-ambiente. Não têm “barreiras” à passagem de som, como na vocalização das consoantes.
Portanto, nosso único objetivo é enriquecê-las nas “caixas de som” naturais: nossas cavidades de ressonância, lá onde amplificamos ou reduzimos a quantidade de ar que idealizamos expirar, principalmente, nas cavidades oral e nasal.
Ali elas vão ganhar “corpo” e volume (se requisitado) até ficarem prontas para saírem na direção da abertura bucal.
Sejam bons (boas) motoristas da sua voz.

JACQUELINE TRINDADE VIEIRA
Fonoaudióloga – CRFa 7067-RJ
jac.vie@gmail.com

Confira as dicas da Jacqueline regularmente nesse blog!!!!

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial

Google
 
Democracy Now! | Web Banners